Trabalhadores seguros nos postos de abastecimentos

Trabalhadores seguros nos postos de abastecimentos

Os postos de abastecimento são instalações que contem inflamáveis e recebem, diariamente, um grande número de pessoas. Por se tratar de uma área de risco, é preciso que os postos de combustíveis atendam todas as normas vigentes sobre este tipo de atividade. Além disso, devem estar perfeitamente equipados para prevenir e combater os acidentes com inflamáveis.

  • A área de operação direta (bombas e bocas dos tanques enterrados) devem ser perimetralmente isolada por canaletas de drenagem para o caso de derrames superficiais. Essa rede deve levar a uma caixa separadora antes de atingir a rede pública. Todo o sistema deve ser mantido desobstruído e apto para emergências.
  • Os tanques enterrados devem ser verificados quanto a vazamentos, para a proteção do público e moradias na vizinhança, evitando-se incêndios e explosões por infiltrações, as quais podem ocorrer até uma distância considerável do posto.
  • Os trabalhadores devem receber treinamento operacional, incluindo segurança própria, do publico e procedimentos de emergência.
  • A sinalização deve ser completa e bem mantida.
  • O abastecimento do posto por caminhões-tanque é uma atividade de risco especial, que deve ser isolada e sinalizada. Se as condições não forem adequadas, deve-se interromper o atendimento ao publico durante a atividade.
  • O posto deve possuir um plano de emergência, com treinamento e realização de simulados, incluindo os trabalhadores das demais atividades do loca, como por exemplo, as lojas de conveniência.

Segurança no posto para os usuários:

  • Desligar o motor, não fumar. Até que seja definitivamente entendido o risco associado, não utilizar o telefone celular na área.
  • Se houver o auto-atendimento, faça-o com cuidado.
  • Ao encher tanques plásticos portáteis, faça isso sempre no chão e não na carroceria  para não acumular carga estática.  Nunca encha até a boca.
  • Nos dias muito secos e com baixa umidade, existe o risco de acumulo de eletricidade estática. Uma centelha pode saltar até você e o bico alimentador, pois ele está enterrado e você carregado, inflamando o combustível. para evitar isso não entre e nem sai do veiculo durante a operação ( você se carregara ao se esfregar no estofamento) e toque uma parte metálica aterrada na área externa e longe do carro.

 

 

PPRA PCMSO PCMAT Laudos PPP NTEP/FAP CIPA Ergonomia Ambulatórios Exames Médicos Treinamento CIPA

 

Trabalhadores seguros nos postos de abastecimentos – Download Baixar

Os perigos do alcoolismo

Os perigos do alcoolismo no Trabalho

Considerada uma doença pela Organização Internacional do Trabalho, o alcoolismo é caracterizado pela falta de controle permanente ou ocasional sobre o consumo de bebida alcoólicas. No trabalho, há diversas consequências que o alcoolista enfrenta, tanto no que tange a sua produtividade e relações pessoais. Também há impactos
negativos na segurança e na saúde do próprio trabalhador ou de terceiros. Saiba identificar os casos no ambiente laboral e oriente a busca de ajuda!

  • Queda do rendimento: a concentração, atenção e habilidades perdem o potencial e com isso, o trabalhador não consegue manter a produtividade adequada;
  • Absenteísmo: o alcoolismo é a principal causa de faltas e atrasos, causando problemas econômicos e práticos na empresa;
  • Acidentes de trabalho: o alcoolista perde a noção de espaço e a percepção de risco e com isso, se torna mais apto a envolver seus colegas e a si mesmo em acidentes de trabalho;
  • Afastamento: a dependência em álcool ocasiona outras doenças e transtornos psicológicos incapacitantes, por isso, o alcoolismo é o principal motivo de solicitação de auxílio-doença no Brasil;
  • Desemprego: quando o alcoolista não consegue o auxílio-desemprego, é possível que ele acabe desempregado e sem renda, o que pode leva-lo a uma situação de rua. É importante ressaltar que o desligamento é negativo tanto para a empresa quanto para o funcionário.

Como intervir nos casos de alcoolismo no trabalho

Infelizmente, muitas empresas deixam de dar o suporte que o funcionário alcoolista necessita e acaba resolvendo a questão com o desligamento. No entanto, quando os gestores percebem um funcionário enfrentando o alcoolismo, é preciso que seja feita uma intervenção com os recursos da empresa. A intervenção envolve os seguintes aspectos:

  • Prevenção: através de informação integrada ao processo de segurança do trabalho;
  • Forma de lidar: a empresa deve lidar com o alcoolismo sem discriminação, tratando a agravante da mesma forma como outras condições de saúde, bem como manter sigilo e respeito;
  • Reabilitação: encaminhamento ao psicólogo e ao médico;
  • Apoio social: a empresa deve apoiar seu funcionário, sendo tolerante com suas dificuldades e auxiliando o funcionário a superá-las;
  • Adaptação do trabalho: enquanto o trabalhador estiver em tratamento, a empresa pode oferecer outro cargo que envolva menos riscos de acidentes;
  • Proporcionar os direitos: a empresa pode auxiliar informando os direitos previdenciários que o funcionário possui e auxiliá-lo a buscá-los.

PPRA PCMSO PCMAT Laudos PPP NTEP/FAP CIPA Ergonomia Ambulatórios Exames Médicos Treinamento CIPA

 

Os perigos do alcoolismo! – Download Baixar

 

Fique atento e fora da linha de tiro!

Fique atento e fora da linha de tiro!

Fique atento e fora da linha de tiro!

O que quer dizer isto?
Significa que muitos acidentes nos quais somos atingidos por partes de equipamentos, estilhaços, ou mesmo coisas maiores dependem unicamente de nossa preocupação em “não fique na linha de tiro”, ou simplesmente na direção em que as coisas podem se projetar ou mover-se.

Veja exemplos abaixo:

Nas áreas de trabalho industriais:

  • Debaixo de cargas suspensas.
  • Na faixa de rolamento de veículos.
  • Na área de movimentação de um robô industrial.
  • Atrás de veículos manobrando
  • Fora da faixa de circulação de pedestres

Próximo a operações de risco:

  • De quem esteja usando disco de corte ou rebarbadora
  • De quem esteja cravando pinos em concreto.
  • De quem esteja desmontando estruturas.
  • De quem esteja pintando ou soldando ` (exposição ambiental).
  • De máquinas rotativas (tornos, fresas, centrífugas)
  • De equipamentos sob pressão (vasos de compressores, extrusoras, autoclaves).
  • Operando válvulas de frente para o volante, desparafusando tampas.
  • Conectando ou desconectando linhas de alta pressão.

Nos locais de trabalho:

  • Atrás de portas que vão se abrir.
  • Debaixo de luminárias sem proteção.
  • Cuidado, preste atenção ao que acontece a sua volta!

PPRA PCMSO PCMAT Laudos PPP NTEP/FAP CIPA Ergonomia Ambulatórios Exames Médicos Treinamento CIPA

 

Fique atento e fora da linha de tiro! – Download Baixar

 

 

dicas-de-seguranca-para-pedestres-e-motorista

Dicas de segurança para pedestres e motorista

Dicas de segurança para pedestres e motorista

Ao se dirigir para o local de trabalho, é preciso enfrentar uma guerra no trânsito. Para evitar acidentes e proporcionar um convívio mais harmonioso, motoristas e pedestres devem adotar algumas precauções em seu dia a dia.

 

Dicas de segurança para pedestres

  • Aja de forma previsível. Afaste-se das margens de vias de tráfego rápido. Use as calçadas quando houver e cruze em locais em que haja sinalização.
  • Ande nas calçadas ou margens sempre visualizando o tráfego, mantendo-se sempre no sentido oposto ao fluxo.
  • Facilite sua visualização. Se tiver que andar nas ruas á noite, use branco ou cores claras. Caso tenha uma jaqueta com apliques refletivos use-a. Leve uma lanterna.
  • Seja prudente. Mesmo os motoristas amistosos podem ser distraídos. Assegure contato visual e espere por uma evidencia de que foi visto. Não presuma que está tudo bem.
  • Álcool e drogas também prejudicam os pedestres, pois minimizam sua percepção e reflexos.
  • Você é a parte frágil desta interação, tome todo cuidado possível.

Dicas de segurança para motoristas

  • Pedestres estão em todo lugar, inclusive onde não se espera que estejam. Esteja atento.
  • Pedestres podem ser difíceis de visualizar especialmente com chuva e á noite. Vá mais devagar.
  • Ao se aproximar de uma faixa de pedestres, prepare-se para parar.
  • Ao parar numa faixa, pare com boa distância, para que os motoristas de outras faixas possam ver o pedestre a tempo de pararem também.
  • Não ultrapasse veículos que pararam na faixa de pedestre.
  • Nas conversões, normalmente toda atenção é dada aos veículos para se esperar uma janela de passagem. Cuidado, pois nesse momento pode surgir um pedestre.
  • Cuidado redobrado nas proximidades de escolas. Não espere um comportamento lógico de crianças.

 

 

PPRA PCMSO PCMAT Laudos PPP NTEP/FAP CIPA Ergonomia Ambulatórios Exames Médicos Treinamento CIPA

 

Dicas de segurança para pedestres e motorista – Download Baixar

 

cuidados-preventivos-na-atividade-de-operador-de-telemarketing

Cuidados preventivos na atividade de operador de telemarketing

Cuidados preventivos na atividade de operador de telemarketing

O trabalhador da área de tele atendimento está presente, praticamente, em todos os segmentos do nosso sistema econômico-financeiro. O profissional atua como um canal de comunicação entre o usuário e o prestador de serviço e sua função é exercida preponderantemente ao telefone e ao computador. Essa configuração aliada à organização estrutural e funcional do trabalha faz com que o colaborador esteja exposto à LER/DORT, disfonias ocupacionais, transtornos mentais e PAIR (Perda Auditiva Induzida pelo Ruído), além de fadiga relacionada aos movimentos musculares, ao esforço postural, visual e da alta estimulação da atividade mental e emocional. Fique atento e previna-se:

 

• Use uma cadeira verdadeiramente ergonômica, de maneira que a região lombar fique bem apoiada no encosto ou espaldar da cadeira.

 

• Mantenha os pés inteiramente apoiados sobre o piso. Use um descansa-pés de preferência móvel, leve, facilmente posicionado e que não escorregue no piso, a fim de dar o devido suporte da sua região lombar no encosto da cadeira. Conheça alguns tipos de apoio para os pés:

 

• Os cotovelos devem situar-se em um ângulo reto confortável, com os antebraços em posição paralela em relação ao solo.

• Evite reflexos no monitor se for de vidro com iluminação indireta ou um filtro profissional antirreflexo. Os de LCD com tela sem vidro ou com vidro antirreflexo (a maioria) não precisam.

• A parte superior da tela do seu monitor deverá estar ao nível dos olhos e a uma distância equivalente ao comprimento do braço estendido.

• Os punhos devem estar descontraídos e confortáveis, sem flexionamento perceptível.

• Posicione o teclado no mesmo nível dos cotovelos. Use um descanso para o punho no teclado de no mínimo 8,5 cm de largura. Use um mouse pad com descanso para o punho principalmente se V. trabalha com CAD.

• Se desejar experimente um “arm rest” de 4 barras.

• Conheça e admita a limitação de seu corpo, mude de posição com freqüência e faça intervalos periódicos (a cada 55 minutos) para caminhar ou “esticar o corpo”. Conheça a GINÁSTICA DO GATO, simples movimentos de alongamento que ajudarão significativamente sua postura.

 

PPRA PCMSO PCMAT Laudos PPP NTEP/FAP CIPA Ergonomia Ambulatórios Exames Médicos Treinamento CIPA

 

Cuidados preventivos na atividade de operador de telemarketing – Download Baixar