5 atitudes para alavancar sua carreira

5 atitudes para alavancar sua carreira

5 atitudes para alavancar sua carreira

Ontem falamos sobre 05 atitudes que podem arruinar sua carreira, mas calma que para tudo tem-se uma solução! 

2019 chegando e muitas pessoas estão preocupadas com uma situação ainda caótica no mercado de trabalho. Fala-se muito em um início de alívio em índices importantes para medir a atividade econômica tais como redução da taxa de juros e inflação controlada. Pensando nos profissionais em busca de uma recolocação e também naqueles empregados com expectativas de crescimento na carreira, segue uma lista simples de 5 atitudes para melhorar sua empregabilidade:

5 atitudes para alavancar sua carreira

5 atitudes para alavancar sua carreira

 

1. Aprenda inglês definitivamente – é incrível mas em pleno 2018 ainda se tem uma dificuldade enorme de encontrar executivos fluentes em inglês no Brasil, em todos os níveis e segmentos. Cada dia mais, as empresas buscam fluência no idioma. Não adianta colocar “fluente” no CV e ter um inglês intermediário. Não adianta ter um MBA e um inglês intermediário. Aprender outro idioma demanda foco. Se você passou dos 20 anos e nunca teve oportunidade de realmente aprender o idioma, duas aulinhas de uma hora por semana não vão adiantar.

5 atitudes para alavancar sua carreira

5 atitudes para alavancar sua carreira

2. Cuide da sua saúde – em situações críticas de mercado como a que passamos, é comum o foco exagerado nas questões profissionais, em detrimento do cuidado pessoal. Fazer um esporte, passar tempo de qualidade com a família, ter um hobbie, e se dedicar a outras causas somente vai ajudar para que sua cabeça possa descansar e enxergar alternativas melhores no seu trabalho ou na sua busca.

5 atitudes para alavancar sua carreira

5 atitudes para alavancar sua carreira

3. Expanda sua área de conhecimento – se você é um Diretor Financeiro, procure um curso de TI. Se você é um Gerente de Vendas, faça um curso de Marketing Digital. Hoje em dia, especialmente em posições mais altas, as empresas buscam fazer mais com menos. Sua competitividade no mercado vai crescer se conseguir mostrar para as empresas que pode fazer mais do que eles esperam.

5 atitudes para alavancar sua carreira

5 atitudes para alavancar sua carreira

4 – Saiba contar sua história – muitos executivos tem uma história muito interessante de carreira, mas infelizmente não conseguem contar a mesma para os headhunters ou recrutadores de uma forma estruturada e energética. Invista na sua comunicação, faça um curso de storytelling, grave em vídeo seu discurso, treine, treine e treine. Não tem nada mais importante do que a primeira imagem.

5 atitudes para alavancar sua carreira

5 atitudes para alavancar sua carreira

 

5 – Seja positivista – sei que o mercado não está fácil, que você faz entrevistas e não é chamado, que seu chefe está estressado e carrega todo o problema para você. Mas busque entender que de nada vai adiantar você ficar cabisbaixo e reclamar da vida. O seu destino pertence a você, pense e aja a seu favor.

 

 

 

5 atitudes que podem arruinar a carreira

5 atitudes que podem arruinar a carreira

5 atitudes que podem arruinar a carreira

Uma carreira de sucesso em uma boa empresa com uma excelente remuneração é um sonho almejado por todo profissional…Uma carreira de sucesso em uma boa empresa com uma excelente remuneração é um sonho almejado por todo profissional, sendo assim, profissionais de todas as áreas buscam formações e especializações continuamente deixando o currículo cada vez mais sofisticado e atrativo, mas será que só isso basta para ter o tão sonhado sucesso profissional?

Atitudes cotidianas, imagem pessoal, posicionamento otimista e muita disposição podem fazer toda diferença. Na hora da contratação ou da tão sonhada promoção, devemos sempre pensar se nos contrataríamos, ou nos indicaríamos para a vaga dos sonhos e sempre fazer uma análise dos pontos que poderíamos melhorar.

Precisamos ter sempre em mente que, por mais que trabalhamos para uma empresa, nossas atitudes e postura profissional e pessoal, antes de afetar a empresa, afeta nós mesmos.

Veja 5 comportamentos que podem arruinar a carreira de qualquer um:

1 – Atrasos e faltas sem justificativas

5 atitudes que podem arruinar a carreira

5 atitudes que podem arruinar a carreira

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Atrasos e faltas sem justificativa distanciam em muito as possibilidades de crescimento do profissional no ambiente corporativo. Tirando um afastamento por motivos de saúde nada mais justifica uma constância em faltas e atrasos. As justificativas muitas vezes se transformam em desculpas e então o colaborador entra no campo perigoso do “desnecessário” e “dispensável”, fora que a falta de compromisso com o trabalho que passa a se tornar evidente.

 

2 – Entrar em conflito com a equipe e os líderes

5 atitudes que podem arruinar a carreira

5 atitudes que podem arruinar a carreira

Maturidade e sabedoria são virtudes dos grandes profissionais, logo ficar longe e não ser o protagonista de assuntos polêmicos e improdutivos é fundamental para a carreira. A insubordinação é totalmente punível até mesmo em questões legais. Fique longe de picuinhas e seja o autor de produtividade.

3 – Perder o controle

5 atitudes que podem arruinar a carreira

5 atitudes que podem arruinar a carreira

Inteligência emocional é necessário em qualquer cenário corporativo, problemas emocionais aflorados podem destruir uma carreira. Postura centrada deve ser uma constante na gestão laboral, todos nós estamos sujeitos a dias difíceis porém o domínio sobre as adversidades é um diferencial para colaboradores e principalmente para líderes e emergentes, isso porque todos nos sentimos muito mais seguros quando estamos ao lado de pessoas equilibradas.

4 – Fofocas e ‘indiretas’

5 atitudes que podem arruinar a carreira

5 atitudes que podem arruinar a carreira

Fofocas e indiretas além de ser de extrema falta de ética também é um dos comportamentos mais indigestos no meio corporativo. Além de destoar completamente do âmbito profissional também denota a falta de confiança que seu agente oferece, e isso com certeza além de prejudicar as vítimas da tal fofoca também vai acabar com a imagem do “fofoqueiro”, o deixando com a “imagem” de uma pessoa ruim ou pouco confiável.

5 – Comodismo

5 atitudes que podem arruinar a carreira

5 atitudes que podem arruinar a carreira

A última e não menos importante atitude que devemos avaliar é o comodismo. Nada nunca permanecerá igual, ou subimos ou descemos. Ninguém também sabe de tudo, somos seres “aperfeiçoáveis” e devemos buscar constantemente novas técnicas e conceitos dentro ou fora de nossa área de atuação, principalmente nos dias de hoje, onde tudo muda muito rápido. Se você não expandir sua mente, não estudar, não buscar capacitação, vai ficar para trás, vai despencar e não vai mais encontrar mercado.

(contabeis.com.br)

 

Dia do Técnico de Segurança no Trabalho

Dia do Engenheiro e do Técnico de Segurança do Trabalho

Dia do Engenheiro e do Técnico de Segurança do Trabalho

Técnicos e Engenheiros de Segurança do Trabalho: Parabéns pelo seu dia! 27 de novembro é dia de comemorar!

Dia do Técnico de Segurança no Trabalho

Dia do Técnico de Segurança no Trabalho

A coragem, a perspicácia e a atenção aos pequenos detalhes faz de você o excelente e indispensável profissional que temos tanto orgulho! Obrigado por ajudar a proteger todos os nossos colegas! Parabéns pela dedicação!

Novembro Azul – Fatores de Risco

Novembro Azul – Fatores de Risco

Novembro azul promove prevenção do câncer de próstata

De todos os tipos de câncer, o câncer de próstata é o mais frequente (36,9%) entre os homens com 18 anos ou mais que descobriram no primeiro diagnóstico, segundo a Pesquisa Nacional de Saúde 2013 – PNS , divulgada pelo IBGE. Dados do Ministério da Saúde mostram que 14.454 homens morreram dessa doença no Brasil em 2015. 

Para mudar essa realidade, a campanha Blue November foi criada na Austrália em 2003 e recentemente adotada em vários países. No Brasil, a campanha é apoiada pelo Instituto Nacional do Câncer – Inca , que lançou o Câncer de Próstata: vamos conversar sobre isso? folheto este ano, visando melhorar a visibilidade desta doença no Dia Nacional de Luta contra o Câncer (27 de novembro).

Em 2016, o Inca estimou cerca de 61.200 novos casos de câncer de próstata. Mesmo tendo 3.240 casos a mais do que o estimado para o câncer de mama (57.960) no mesmo período, a campanha de Novembro Azul ainda não é tão visível quanto a de Outubro Rosa, que previne o câncer de mama. 

A fim de prevenir o câncer de próstata, o livreto recomenda comer alimentos saudáveis, não fumar e praticar atividades físicas. Ele também aponta que o risco de desenvolver câncer de próstata aumenta em pessoas com excesso de peso, pessoas com histórico de câncer na família e em pessoas idosas. Dos 408 mil casos da doença, 56,2% estavam entre os homens com idade entre 65 e 74 anos, segundo a PNS 2013.

Apenas 25% dos homens com mais de 50 anos foram submetidos a um exame retal.

O câncer de próstata pode ser detectado através de dois exames: antígeno prostático específico – PSA e exame retal. O primeiro é um exame de sangue que detecta o nível dessa proteína. Sempre alto, isso pode indicar câncer ou doenças benignas da próstata. O segundo exame é feito pelo médico, que avalia o tamanho, forma e textura da próstata. 

O preconceito e a falta de informação de vários homens em relação ao exame retal comprometem a prevenção e aumentam as taxas de mortalidade dessa doença. Como exemplo, a PNS 2013 mostrou que cerca de 5,7 milhões de homens com 50 anos ou mais foram submetidos a um exame físico ou retal até 12 meses antes da pesquisa, o que equivale a 25% dos homens nessa idade.

Em caso de qualquer anormalidade no exame físico, a doença só é confirmada após uma biópsia. O exame retal é indispensável, pois algumas vezes o exame de sangue não mostra a doença. Segundo o Dr. Franz Campos, chefe de urologia do Inca, “há casos em que o antígeno específico da próstata não se expressa, mesmo em portadores de câncer de próstata”, ressalta. 

Para o médico, precisa trazer mais conhecimento e informação sobre a doença. “É fundamental que partidários do Novembro Azul e entidades públicas que coordenam as regras de diagnóstico e tratamento do câncer estejam de acordo uns com os outros, além de estreitar os contatos com a mídia, a fim de destacar esse grande problema de saúde pública em nosso país”, afirma o Dr. Franz Campos.

Novembro Azul: fatores de risco do câncer de próstata

Fatores de risco são alguns hábitos ou características que podem lhe fazer ser mais suscetível a sofrer de determinada doença. Os diferentes tipos de câncer, como o câncer de próstata, fazem parte desse grupo de doenças. Como é de costume, alguns dos fatores de risco do câncer de próstata podem ser controlados através da adoção ou abandono de alguns hábitos no dia a dia, enquanto outros fatores, como a idade, não podem ser controlados. Conheça a seguir alguns dos fatores de risco do câncer de próstata.

Idade: 60% dos casos de câncer de próstata ocorrem nos homens com mais de 65 anos. Isso acontece porque a doença ocorre com muito mais frequência após os 50 anos de idade.

Histórico familiar: como é o caso em vários outros tipos de câncer, ter um parente de primeiro grau que sofreu a doença aumenta significativamente o risco de ela aparecer.

Obesidade: alguns estudos indicam que os homens obesos possuem chances maiores de sofrer de câncer de próstata, assim como a doença costuma aparecer mais agressiva nesses casos.

Doenças sexualmente transmissíveis: algumas DSTs, como a gonorreia e a clamídia, são apontadas por pesquisadores como fatores que aumentam os riscos de inchaço na próstata.

Muitos estudos ainda estão sendo realizados para encontrar fatores de risco do câncer de próstata, onde pesquisadores procuram encontrar conexões entre a alimentação e algumas outras condições médicas, por exemplo, e a presença do câncer. Se você se encontra em um dos grupos de risco, é importante ter atenção redobrada com a prevenção da doença e consultar o seu médico para realizar os exames necessários.

A doença não apresenta sintomas em sua fase inicial e quando os sinais começam, quase 95% dos tumores já se apresentam avançados, sendo muito difícil a cura. Por isso, mesmo na ausência de sintomas, homens a partir dos 50 anos, ou dos 45, se houver histórico familiar, devem ir anualmente ao urologista.

Em fase avançada, o câncer de próstata pode apresentar sintomas urinários; dor óssea; queda do estado geral de saúde; insuficiência renal e dores fortes.

Fatores de risco:

• IDADE (CERCA DE 62% DOS CASOS SÃO DE HOMENS A PARTIR DOS 65 ANOS);

• HISTÓRICO FAMILIAR;

• RAÇA (MAIOR INCIDÊNCIA ENTRE HOMENS DE PELE NEGRA);

• ALIMENTAÇÃO INADEQUADA, À BASE DE GORDURA E DEFICIENTE EM FRUTAS, VERDURAS, LEGUMES DE GRÃOS;

• SEDENTARISMO;

• OBESIDADE.

 

Projeto muda reforma e afasta gestantes de locais insalubres

Projeto muda reforma e afasta gestantes de locais insalubres

Projeto muda reforma e afasta gestantes de locais insalubres

Brasília/DF – A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) aprovou na última terça-feira (13) novas regras para o trabalho de gestantes e lactantes em locais insalubres. O PLS 230/2018, do senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO), teve a intenção de suprir uma lacuna deixada pela Medida Provisória 808/2017, editada para aperfeiçoar a reforma trabalhista. A MP perdeu sua vigência por não ter sido convertida em lei a tempo pelo Congresso Nacional.

— Este dispositivo tem o cuidado de não promover situações de discriminação da mulher em locais com atividades insalubres, o que pode afetar a sua empregabilidade, principalmente quando se tratar de mulher em idade reprodutiva. É de grande importância atingir ambos objetivos, quais sejam a garantia da saúde da mulher e o nível de emprego — afirmou o autor.

Nova regra
Conforme o projeto, a empregada gestante será afastada, enquanto durar a gestação, de quaisquer atividades, operações ou locais insalubres. Ela deverá exercer suas tarefas em local salutar, excluído, nesse caso, o pagamento de adicional de insalubridade.

Quando o grau de insalubridade for mínimo, o trabalho da gestante somente será permitido quando ela, por iniciativa própria, apresentar atestado de saúde, emitido por médico de sua confiança, autorizando sua permanência no trabalho.

Em relação às lactantes, o projeto diz que a empregada será afastada de atividades insalubres em qualquer grau quando apresentar atestado de saúde emitido por médico de sua confiança, do sistema privado ou público de saúde, que recomende o afastamento durante a lactação.

Relatório
O relator, senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), foi favorável à iniciativa e explicou o porquê:

— Não há reparos a fazer, pois o projeto vai assegurar o afastamento da mulher gestante de atividades insalubres em grau máximo como forma de preservar a sua saúde e a do nascituro. Nos casos de grau médio e mínimo, elas podem trabalhar, desde que, por sua livre iniciativa, apresentem atestado de saúde emitido por médico de sua confiança — afirmou.

Ferraço ainda rejeitou uma emenda da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM). A intenção dela era impedir em qualquer hipótese o trabalho das gestantes e lactantes em locais insalubres, além de garantir o pagamento do adicional mesmo durante o afastamento temporário.

— Estamos rejeitando a emenda da senadora Vanessa por entrar em conflito com o escopo do projeto. Apesar de seu bom propósito, não dialoga com a vida real — afirmou Ferraço.

O presidente da CAE, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), afirmou que a votação do PLS 230/2018 foi uma boa oportunidade para que os parlamentares retificassem um ponto que fora muito criticado na reforma trabalhista.

Tramitação
O PLS 230/2018 segue agora para análise da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

(Fonte: protecao.com.br)

Dia do Engenheiro Eletricista.

23 de novembro: Dia do Engenheiro Eletricista. Parabéns!

23 de novembro: Dia do Engenheiro Eletricista. Parabéns!

23 de novembro: Dia de homenagear quem move o mundo trabalhando na geração, transmissão e distribuição de energia. Parabéns a todos Engenheiros Eletricistas!

Dia do Engenheiro Eletricista.

Dia do Engenheiro Eletricista.

 

 

Reuniões seguras na empresa

Reuniões seguras na empresa

1) Antes de iniciar a reunião, explique a todos quais as saídas do prédio devem ser usadas em caso de abandono de emergência. Faça com que todos entendam o seu trajeto.

2) Verifique os equipamentos de segurança da sala ou da área: extintores, hidrantes. Verifique seu estado de
manutenção periódica. Providencie correções.

3) Os equipamentos elétricos da sala de reuniões devem ser conectados em tomadas fixas, ou com uso de extensões aprovadas pela manutenção elétrica.

4) Proteja todas as passagens de os ficando-os com fita adesiva. Se isso não for possível, bloqueie a passagem pela área da ação com um móvel pequeno ou uma cadeira.

5) Se as pessoas tiverem que ligar seus computadores na sala de reunião, todos devem ter à disposição tomadas aprovadas junto à mesa de trabalho. Se os os se estenderem nas passagens, siga o mesmo procedimento do nº 4.

6) Todos devem ter cadeiras para se sentar adequadamente. Se houver projeção, a forma da sala deve permitir que todos olhem para a projeção em postura natural, sem virar o pescoço ou sentar-se torcendo o tronco.

A importância da comunicação de SST da sua empresa na era e Social

A importância da comunicação de SST da sua empresa na era e Social

A importância da comunicação de SST da sua empresa na era e Social

A cultura de saúde e segurança do trabalho em uma empresa representa as práticas de trabalho e a divulgação de suas crenças, atitudes e normas seguidas pelos seus colaboradores e administração.

A cultura de saúde e segurança do trabalho em uma empresa representa as práticas de trabalho e a divulgação de suas crenças, atitudes e normas seguidas pelos seus colaboradores e administração.

Em todas as empresas a comunicação interna é fundamental para a Saúde e Segurança. Isso porque uma boa comunicação permite que pessoas, tarefas e processos relacionados às atividades da empresa interajam de forma cooperativa para alcançar os objetivos de SST.

Mesmo em organizações que possuem comissão permanente ou departamento de SST, é imprescindível realizar as ações em comunicação, principalmente, considerando o novo contexto do eSocial e o envio de dados para o governo.

Apenas treinar os trabalhadores para a segurança nos postos de trabalho muitas vezes não é suficiente, é preciso motivar e encorajar as pessoas a tomar a responsabilidade de sua própria saúde e segurança, e a dos outros.

No dia a dia isso significa ter que lidar com diversas frentes de trabalho. Para que a comunicação em SST não acabe negligenciada, é fundamental o planejamento.

(Fonte: contabeis.com.br)

Novembro Azul

Novembro Azul

Novembro Azul é uma campanha de conscientização realizada por diversas entidades no mês de novembro dirigida à sociedade e, em especial, aos homens, para conscientização a respeito de doenças masculinas, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata.

A campanha teve início em 2003, na Austrália, quando alguns amigos tiveram a ideia de deixar o bigode — que, na época, estava fora de moda — crescer com o objetivo de chamar a atenção para a saúde masculina.

Como Surgiu o Novembro Azul

A campanha teve início em 2003, na Austrália, quando alguns amigos tiveram a ideia de deixar o bigode — que, na época, estava fora de moda — crescer com o objetivo de chamar a atenção para a saúde masculina.

Conforme os anos foram se passando, a campanha conquistou cada vez mais adeptos, até se tornar mundial. Hoje, ela é feita em mais de 20 países.

NOVEMBRO AZUL NO BRASIL

No Brasil, a campanha foi trazida em 2008 pelo Instituto Lado a Lado pela Vida, juntamente com a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU). Entre as ações promovidas durante o mês, há a oferta de exames de próstata gratuitos ou com desconto, além da promoção de ações que levam informação às pessoas e profissionais.

As iniciativas carregam sempre os símbolos do November: o bigode e a cor azul, reforçando a importância da campanha. É comum, também, ver prédios e monumentos serem iluminados com a cor azul em novembro, semelhante ao que acontece em outubro com a campanha Outubro Rosa.

OBJETIVOS DO NOVEMBRO AZUL

Além de conscientizar a respeito do diagnóstico precoce do câncer de próstata e outras doenças comuns em homens, o Novembro Azul também veio com a ideia quebrar o preconceito que muitos homens têm em relação ao exame de toque.

Por conta dos estereótipos da sociedade, muitos pensam que jamais deveriam ter o ânus tocado e muito menos penetrado, mesmo que por um bom motivo.

O exame, que envolve a palpação da próstata pelo reto (porção final do intestino grosso), é alvo de muitas piadas entre os homens, que costumam fazer uma alusão ao sexo anal.

Assim, a campanha do Novembro Azul vêm justamente para quebrar esse preconceito e mostrar que compartilhar informações e levantar o tema são medidas necessárias.

NOVEMBRO AZUL E O CÂNCER DE PRÓSTATA…

O câncer de próstata é o tipo de câncer mais incidente em homens. A próstata é uma glândula localizada abaixo da bexiga, à frente do reto. Ela produz até 70% do sêmen, sendo indispensável para a fertilidade.

No mundo, esse é o sexto tipo de câncer mais frequente e o segundo mais mortal entre os homens. Estima-se que 1 a cada 6 homens irão sofrer com o problema. A cada 7,6 minutos, um caso é diagnosticado e, a cada 40 minutos, há um óbito por câncer de próstata.

A maioria dos casos ocorre em homens com mais de 65 anos de idade, por isso, exames preventivos devem ser iniciados por volta dos 45 anos, especialmente quando há fatores de risco como ser negro, ter obesidade e ter histórico familiar de câncer de próstata.

Vale lembrar que, nas fases iniciais, o câncer de próstata não causa sintomas, fazendo com que aproximadamente 95% dos casos de câncer de próstata já estejam em um estágio muito avançado quando seus primeiros sinais aparecem.

SINTOMAS DO CÂNCER DE PRÓSTATA

Como as causas do câncer são, em geral, multifatoriais, a prevenção é feita com uma dieta balanceada, prática de atividades físicas, controle do peso, diminuição do consumo de álcool e corte do cigarro (tabaco).

Novembro Azul

Novembro Azul

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

NOVEMBRO AZUL – O EXAME DE TOQUE

Importante para a detecção precoce do câncer de próstata, o exame de toque retal dura, no máximo, 2 minutos. Trata-se de um exame indolor que não deixa sequelas e não é tão desconfortável quando comparado com alguns exames ginecológicos.

O procedimento é feito utilizando luvas descartáveis novas e lubrificante para assegurar que não haja dor ou desconforto durante a inserção do dedo indicador no reto.

O procedimento é feito utilizando luvas descartáveis novas e lubrificante para assegurar que não haja dor ou desconforto durante a inserção do dedo indicador no reto.

Frequentemente, após esse exame, o médico também pede o PSA, um exame de sangue que mede o antígeno prostático específico, substância que está alta quando há um tumor na próstata.

Mas é importante ressaltar que aproximadamente 20% dos diagnósticos são feitos apenas com o exame de toque retal, em que o médico percebe alterações e encaminha o paciente para a confirmação do quadro.

A melhor forma de tratar e obter a cura da doença é através do diagnóstico precoce, que só é possível se houver atenção à saúde.

O Novembro Azul é uma campanha que vem crescendo mais e mais a cada ano, levando informação, promovendo saúde, oferecendo exames e consultas com preços mais acessíveis aos homens, como medida de prevenção e assistência ao paciente com câncer.

E é com consciência e atitude que, por mais de 24 anos, o Grupo MedNet está comprometido com a saúde e segurança dos trabalhadores brasileiros.