Conceitos Básicos e Soluções de Ventilação em Espaços Confinados

Conceitos Básicos e Soluções de Ventilação em Espaços Confinados

 

O trabalho em áreas confinadas é considerado uma das atividades que mais geram acidentes graves, seja pela ocorrência de explosão, de
incêndio ou por asfixia, esses acidentes, em sua maioria, acabam tendo consequências fatais.
Uma das recomendações importantes para reduzir a concentração de substâncias tóxicas e/ou perigosas presentes na atmosfera do
ambiente confinado é a adoção de um sistema de ventilação, que deve seguir os critérios da NR33.

VENTILAÇÃO GERAL: 

  • Estabeleça um número determinado de “trocas por hora” usualmente ocorrem entre 8 e 15 trocas;
  • A ventilação deve ser executada simultaneamente com os motores de gás;
  • O número de trocas pode ser determinado com a prática, sendo que o uso de exaustão e insuflamento, de forma simultânea, permite que se estabeleça um fluxo de ar fresco;
  • Selecione o ventilador de acordo com as necessidades de vazão e pressão da aplicação;
  • Em serviços contínuos, sugere-se efetuar medições de vazão periódica para controle e registro;

ETAPAS A SEREM SEGUIDAS E CUMPRIDAS:

  • Catalogar e dimensionar os espaços confinados objetos de ventilação;
  • Definir o número de trocas a ser utilizados e as vazões necessárias; Selecionar o tipo de ventilador/exaustor a ser utilizado;
  • Dimensionar a quantidade de equipamentos necessários; Desenvolver e implantar procedimento de ventilação; Obs.: É importante que o procedimento preveja as formas de registro dos parâmetros de ventilação medidos em cada atividade.

EXAUSTÃO LOCALIZADA NO ESPAÇO CONFINADO:

  • Os poluentes devem ser captados o mais próximo possível das fontes de geração;
  • Para soldagem,o posicionamento de um bocal tem que estar a uma distância de, no máximo 50 cm do ponto de solda;
  • Utilizar bocal com magneto para se obter um posicionamento adequado (medida restrita a materiais magnéticos);
  • Fazer uso de mangueiras flexíveis de grande comprimento e de pequeno diâmetro (máximo recomendável 150 mm);
  • A vazão mínima recomendada para cada captor é de 800m3/h; A prática não é recomendada para corte a chama ou goivagem;
  • No caso de não ser possível ou aplicável a prática da exaustão localizada, é preciso garantir a diluição dos poluentes por meio da ventilação geral (número de trocas).
Baixar o PDF do Informativo dos Conceitos Básicos e Soluções de Ventilação em Espaços Confinados